3 Dias em Berlim Para Principiantes

Berlim

Para aqueles que não falam uma palavra de alemão, chegando a Berlim, assim como em qualquer outra cidade da Alemanha, eu acho, pode ser um pouco assustador, com todas aquelas palavras estranhas e longas que você se pergunta como que se fala aquilo sem parar na metade pra respirar, mas uma vez que você se acostuma, você percebe que tudo é muito simples.

Às vezes, quando pensamos em Berlim, o que vem na cabeça são os tempos tristes e cinzentos da Guerra Fria, fazendo a gente acreditar que Berlim se resume em  prédios que parecem gaiolas cinzas, o que não é tão verdade. Após anos de globalização e modernização, Berlim mudou muito a sua topografia. Eu lembro da minha professora dizendo, à alguns anos, que quando ela foi para Berlim, dava pra distinguir o lado ocidental do oriental, apenas olhando ao redor, porque um lado era muito mais desenvolvido do que o outro. Chegando lá hoje em dia você tem uma realidade bem diferente.

3 Dias Em Berlim Para Principiantes

 

Primeiro dia

Na minha opinião, a melhor maneira de passear pelas cidades é de ônibus, não é tão rápido como um metrô, mas pelo menos te dá a chance de realmente observar da janela o dia a dia enquanto você passa por ai. Em Berlim, há duas linhas de ônibus (número 100 e 200) que passam perto de vários pontos turísticos. O terminal de ônibus, bem como o terminal RE (trem) fica bem em frente ao Zoológico de Tiergarten, por isso, se você estiver hospedado ali perto, é um lugar fácil para pegar os transportes públicos e de ter em mente no caso de precisar se localizar.

Você pode pegar um desses dois ônibus que eu comentei e ir para o Portão de Brandenburgo, um dos pontos mais famosos da Alemanha, terminado em 1791, este é o único portão restante na cidade dos 18 que foram construídos. A quadriga no topo do portão foi roubada por Napoleão e enviado a Paris, mas retornou para Berlim em 1814. Perto do portão de Brandemburgo, fica o Reichstag, o parlamento alemão, danificado durante a Segunda Guerra Mundial, foi reconstruído e sua cúpula original substituída por sua famosa cúpula de vidro. Hoje em dia dá pra visitar a cúpula, mas é necessário comprar ingresso, . No caso de você não quer visitar a cúpula, você pode o gramado da frente do edifício, um piquenique é sempre uma boa idéia.

Do portão de Brandemburgo você também pode visitar o Memorial to the Murdered Jews of Europe, uma área coberta com 2.711 blocos de concreto em homenagem os judeus mortos durante a Segunda Guerra Mundial.

Berlim

Berlim

Berlim

Seguindo a avenida em frente ao portão de Brandemburgo, você pode pegar o ônibus ou caminhar direto até a Catedral de Berlim. Apesar de que você precisa pagar para visitar dentro, o prédio em si já vale a pena. O Catedral está localizada na Ilha dos Museus e, se você é um fã de museus como você, você pode escolher um ou dois (dependendo da sua velocidade) para visitar hoje, ou simplesmente passear pelos edifícios admirando suas diferentes arquiteturas. A Ilha é o lar de 5 museus, entre eles o Museu Pergamon que abriga o famoso Altar de Pergamon, que deu o nome ao museu e o Museu Neues, lar do famoso busto da rainha Nerfetiti.

Na mesma avenida que você seguiu para chegar à Catedral de Berlim, você pode continuar andando em linha reta, ou pegar o ônibus para a Alexanderplatz, a famosa praça, lá você encontrará algumas lojas, restaurantes, o Relógio Mundial e o grande Fernsehturm, também conhecido como a Torre da TV, é possível escalar a torre, lá em cima tem um restaurante com vista panorâmica, se você não está afim de gastar muito dinheiro, você pode descaradamente comprar uma garrafa  de água como desculpa para admirar a vista, de nada pela dica.

Segundo Dia

Bom, não tem muito o que fazer na Gendarmenmarkt platz, mas os edifícios valem a pena dar uma olhada. No centro você encontrará o Concert Hall e as igrejas alemã e francesa nas laterais da praça.

Perto do Gendarmenmarkt platz esta o Checkpoint Charlie ou Checkpoint C, o último Checkpoint restante da época da Guerra Fria. Havia três cruzamentos entre os dois lados do muro. O nome foi dado elos Aliados usando o alfabeto fonético. Bem na frente do Checkpoint, há um lugar onde você pode tirar fotos com pessoas vestidas de soldados.

YOU MIGHT ALSO LIKE  Um Tour Pelo Rio Sena

Berlim

Berlim

Berlim

Seguindo a avenida Zimmerstraße, a uma curta distância, esta a Topografia do Terror, um centro de documentação de crimes nazistas, construído no mesmo local, onde ficavam a sede da Gestapo e SS utilizados durante o regime nazista. A entrada é gratuita.

Perto da Topografia do Terror é a famosa Potsdamer Platz, uma importante praça e cruzamento trágico. O lugar precisou ser completamente reconstruído após a Segunda Guerra Mundial. Hoje em dia, é uma área cercada por edifícios modernos, incluindo o Sony Center, uma edifício meio high-tech cheio de restaurantes e lojas, o melhor hora do dia para visitar é de noite, quando acendem as luzes e você se sente em outro mundo.

 

Terceiro Dia

Agora, vamos para o bairro mais antigo de Berlim, o Nikolaiviertel, um verdadeiro centro medieval clássico saindo diretamente de algum filme de época, que nos dá uma ideia de como a vida era em 1237, dando uma volta por lá você vai se ver cercado por edifícios antigos, entre eles, a famosa igreja , Chamado Nikolaikirche construído entre 1220 e 1230. Do outro lado da SpandauerStraße fico o prédio da prefeitura de Berlim, com uma arquitetura também bem interessante.

Seguindo diretamente nesta avenida até o próximo cruzamento, fica o edifício Radisson, lá você encontra hotel, restaurante, o Sea Life Berlin, casa do maior aquário cilíndrico do mundo, e também o museu DDR, um museu interativo que transporta você diretamente para a época da Guerra Fria, você tem a chance de experimentar como era a vida das pessoas que viviam ocidental do muro, é uma experiência única.

 

Berlim
source: Jorge Royan

Berlim

Berlim
source: Agenda Berlim

Depois de caminhar muito, você provavelmente já viu algumas partes do muro de Berlim, mas nada muito impressionante até agora, eu sei. Eu aposto que você está se perguntando “ok, e onde é a parte em que eu realmente vejo a muro que eu vi no Google Imagens? “. Então, esse é o momento em que você “segue toda vida” até a East Side Gallery, fica um pouco longinho do resto das coisas que você viu até agora, mas aqui que você vai ver aquelas pinturas famosas e meio polêmicas que tão no Google.

Você ainda vai ter algum tempo para passer nessa parte da cidade depois de deixar a East Side Gallery, minha sugestão é que você atravesse o rio e, do outro lado, existe o Markthalle Neun, um mercado que vende todo tipo de comida de rua, de todo o mundo! É uma chance de tentar mais alguns pratos da alemães e gastar o resto dos seus euros antes de dar tchau a Berlim.

YOU MIGHT ALSO LIKE  Sea Life Berlim E AquaDom: Berlim De Um Angulo Diferente

Pegue sua Planilha de Viagem à Berlim Grátis



Written By
More from Isadora

15 Lugares Históricos Relacionados com a Revolução Francesa

Entre 1787 e 1799, a França passou por um período que mudaria...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *