Machu Picchu: Tour Privado com Peru Travel Explorer

Procurando uma maneira de chegar no Machu Picchu, encontramos muitas opções de passeios e trilhas que te levam direito para as ruínas tão famosas, da trilhas como a de Salkantay às vans saindo de Cusco com grupos inteiros de pessoas para subir a montanha. Em geral, os passeios curtos te tomam dois dias e uma noite em Aguas Calientes, uma  cidade ao pé do Machu Picchu.

O problema era que, depois de passar duas semanas viajando pelo Peru, não tinhamos muito tempo para ficar em Cusco e, como é uma cidade tão interessante, cheia de coisas para fazer, não queríamos passar uma noite em Águas Calientes. Precisávamos de uma alternativa para isso, então por que não  pegar um passeio privado para Machu Picchu?

Machu Picchu: Tour Privado com Peru Travel Explorer

A empresa

O Peru Travel Explorer é uma empresa de turismo que oferece uma variedade de passeios pelo país, cobrindo dos destinos mais comuns como Machu Picchu até os não tão conhecidos como a laguna de Humantay.

O legal sobre eles é o fato de que eles são completamente flexíveis, o que é ótimo quando você está planejando a sua viagem e quer dar um jeito de encaixar tudo nela. No nosso caso, tinhamos apenas um dia para visitar Machu Picchu e muitas empresas não fazem viagens de um dia, mas o Peru Travel Explorer oferece excursões em grupo e privadas, optamos pelo passeio privado, e a melhor parte disso é que, além do conforto, você pode fazer a viagem no seu próprio ritmo!

O que o tour inclui:

Traslado do hotel em Cusco – Ollantaytambo
Guia profissional em Machu Picchu
A entrada para Machu Picchu
Ida e volta de trem Ollantaytambo – Água Quente (SERVIÇO DE EXPEDIÇÃO)
Onibus para cima e para baixo: Aguas Calientes – Machu Picchu
Transferir Cusco – Ollantaytambo – Cusco

Machu Picchu

Dos passeios que eles oferecem para Machu Picchu, há tours privados ou tours em grupo, de um ou dois dias e aqueles que procuram alguma aventura, também há a opção de fazer alguma das trilhas até o Machu Picchu, Inka Trail e Salkantay Trail. Cada opção oferece uma experiência completamente diferente da viagem.

No caminho para Ollantaytambo

Quando se trata de visitar Machu Picchu, você tem duas opções, entrar no parque pela manhã ou à tarde. Nosso ingresso era para a tarde e, como nosso passeio era privado, tivemos tempo para aproveitar o café da manhã. Adrian, nosso motorista e guia pelo caminho, nos encontrou no nosso hotel e nos levou até Ollantaytambo, a cidade onde pegamos o trem para Aguas Calientes.

YOU MIGHT ALSO LIKE  De Lima a Cusco: Pelo Peru com Peru Hop

A viagem à Ollantaytambo foi muito confortável, já que eram só eu e minha mãe no carro. Esta foi a primeira vez que fizemos um passeio privado, e eu tenho que admitir que adorei! Todo o conforto e flexibilidade que você tem é realmente relaxante especialmente no final de uma longa viagem por um novo país!

Adrian fala espanhol e português fluentemente e também inglês, então imagine a felicidade de minha mãe quando ela descobriu que ela poderia finalmente se comunicar com alguém e a pessoa entenderia! Acho que a gente acabou dando um nó na cabeça do Adrian de tanto que a gente falou durante a viagem, hahaha

No caminho, pudemos admirar belas paisagens,como o lago Puray, um lago bem importante para a região, e, a uma certa distância, conseguimos ver as Salineras de Maray. Em um momento, paramos em um mirante do qual pudemos ver o Vale Sagrado cercado pelas montanhas e pelo famoso rio Urubamba, fonte para a vida na região desde os tempos Inca.

Chegando em Ollantaytambo, Adrian nos perguntou se gostaríamos de ficar na estação de trem ou na praça principal, já que ainda tínhamos tempo até pegar nosso trem, decidimos ficar na praça principal. Antes de seguir viagem, demos uma volta nas ruas da cidade e aproveitamos nosso tempo entre os locais, que estavam tendo uma celebração naquele dia. A estação de trem fica apenas a 15 minutos da praça principal, você pode caminhar até lá ou pegar um tuk-tuk.

O trem

A viagem de trem é feita com o Expedition Service, eles oferecem trens super confortáveis com vistas panorâmicas incríveis, você pode ver não só ao seu redor, mas também ter uma vista maravilhosa das montanhas graças às janelas acima de você.

O serviço também inclui bebidas e lanches a bordo.

Visitando Machu Picchu

Chegando à estação de trem de Aguas Calientes, o nosso próximo guia, Wilson que ia nos guiar pelo Machu Picchu, já estava nos esperando na entrada da estação. Pegamos um ônibus para subir a montanha até a entrada do parque. Devo dizer que Wilson é uma pessoa realmente paciente, porque a quantidade de perguntas que eu fiz levaria a maioria das pessoas à loucura hahaha Minha sorte era que ele era tão apaixonado pela história dos Incas como eu! No final, sai do Machu Picchu sem nenhuma pergunta sem resposta!

Nosso caminho de volta

Vamo admitir que andar por Machu Picchu, que é uma área realmente grande, subir e descer todas aquelas escadas é bem cansativo, no final do dia você está acabado! Apesar de todo o cansaço, ainda conseguimos aproveitar o tempo livre que tivemos depois de deixar Machu Picchu, e caminhar um pouco por Aguas Calientes, antes de pegar nosso trem de volta.

YOU MIGHT ALSO LIKE  O que fazer em Cusco: 20 Lugares para Conhecer

Chegando de volta à estação de Ollantaytambo, Adrian já estava nos esperando para nos levar até o carro. Estávamos tão cansadas que voltamos para Cusco metade super animadas, metade dormindo. Depois de bombardear Adrian com tanta conversa pela manhã, a gente resolver dar um momento de paz pra ele no nosso caminho de volta hahaha

Considerações Finais

Esta foi a primeira vez que fizemos um tour privado, e agora sim, eu posso garantir que o pessoal ta certo quando eles dizem que é bom ser VIP! Você paga um pouco mais, mas vale a pena cada centavo, você tem mais liberdade e flexibilidade na viagem, você não precisa correr de um lado pro outro seguindo um grupo, também o conforto que você recebe em uma tour privada é algo incomparável.

Sinceramente, duvido que em um tour em grupo iríamos ter tempo para visitar tantos lugares e aprender tanto no caminho para Machu Picchu como fizemos naquele dia. Outra vantagem é que você pode fazer quantas perguntas quiser, já que não precisa ter vergonha na frente de um grupo de meia dúzia de pessoas, além de que, ninguém vai te olhar com aquela cara de  “alguém por favor, faz esse ser humano parar de falar”. Também é uma boa chance de conhecer um local (o guia) e aprender diretamente da fonte.

Os passeios privados podem ser mais caros, mas na minha opinião, existem casos em que são uma opção mais atrativa do que a de grupo, especialmente se você estiver indo a um lugar tão rico em história e cultura e onde se há tanto para aprender. Passeios privados lhe darão mais chance de absorver e aproveitar muito mais o lugar .

Ps.: Recebemos um desconto para este passeio, mas, como sempre, todas as opiniões são completamente minhas.

Written By
More from Isadora

Visite a Bolívia com Bolivia Hop

Viajando para o Peru em breve? Que tal incluir a Bolívia nos...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *