O Que Fazer Em Edimburgo, A Capital Escocesa

Edimburgo

Sinceramente, a decisão de ir para a Escócia foi bem aleatória. Eu não conhecia ninguém que já tivesse ido, e tudo que eu sabia da Escócia foi o que eu aprendi em filmes super educativos como Baby o porquinho ou documentário sobre o monstro do lago Ness. Mas surgiu a oportunidade de visitar Edimburgo, no regrets.

Chegamos sem saber muito que esperar, a ideia era conhecer alguma cidade grande e as Highlands. As duas cidades principais são Edimburgo, a capital do país bem como capital histórica e cultural e Glasgow, a capital econômica. Claro que se você tiver mais tempo, vale conhecer as duas, mas caso não, então visitar Edimburgo vale mais a pena.

O Que Fazer

 

Apesar de ser a capital, Edimburgo não é uma cidade tão grande como Paris e Londres, por exemplo, e o centro histórico é bem separado do centro novo. Basicamente todos os pontos turísticos estão divididos em duas únicas avenidas, Royal Mile (ou High street, nomes diferentes para a mesma rua) e Prince’s Street. A primeira é a avenida que liga os pontos turísticos mais históricos, vai do Palácio de Holyroodhouse até o Castelo de Edimburgo, dando caminho ao Trono de Arthur’s Seat. Já a segunda, é a avenida das lojas mais novas como H&M, Forever21, e a queridinha dos gringos sem dinheiro: Primark.

Edimburgo tem quatro pontos mais elevados, onde você pode ter uma visão mais periférica da cidade, uma no terraço do Castelo de Edimburgo, no final da Royal Mile, outro é o Calton Hill, onde fica alguns dos pontos turísticos da cidade, incluindo o Nelson Monument, uma torre onde você pode subir e ter uma vista 360 graus da cidade, o valor para subir é de £5, outro ponto é o Arthur’s Seat, o morro mais alto da cidade, fica ao lado do Calton Hill, mas se você prefere algo mais centralizado, pode tentar subir o Scott Monument, um monumento que fica na Prince’s Street perto da estação central da cidade, o preço para subir os 287 degraus é de £4.

Eu não vou mentir, não é uma cidade que tem a necessidade de se passar mais que 3 dias. Mas é uma cidade linda. O bom é que como Edimburgo ainda esta meio fora da rota dos turistas, a cidade não é aquela lotação de gente pra todo lado no melhor estilo 25 de Março como acontece em muitas cidades da Europa. Fora que é tão fácil de se locomover que no segundo dia você já se sente em casa. Eu sou meio chata, eu demoro uns 3 dias pra me acostumar com cada cidade, e até então, eu fico meio desconfiada de tudo.

YOU MIGHT ALSO LIKE  3 Dias em Paris Para Principiantes

A arquitetura da cidade também é bem interessante, muito medieval, os prédios são na maioria feitos de pedras acinzentadas, muitos tem torres como se fossem pequenos castelos. Pelas ruas você encontra uns becos meio escuros que levam pra outras ruas, dignos de algum filme investigativo. Ai você para e pensa em todas as histórias que podem ter surgido de cada beco daquele.

Pela Royal Mile você encontra várias lojinhas de souvenir, saia para homens (kilt) é o que não falta, e se você se encarna, tem várias cores, para todos os gosto. Seguindo a tradição escocesa, todo homem ganha um kilt da família quando ele completa 18 anos. A cor do kilt varia conforme a família da pessoa.

Pra quem gosta de Whisky ou esta atrás de um presente pro seu pai, como foi o meu caso, você se sente perdido no meio de tanta opção! E se você está pensando em comprar um, a minha dica é, compre um que você não conheça, e que não seja comum onde você mora, pelo simples motivo de que não tem porque você viajar meio mundo só pra comprar uma bebida que você compraria na esquina de casa.

 

O Que Comer

 

Indo pra Escócia você também não pode deixar passar a oportunidade única de comer a comida típica que é o Haggis, bucho de carneiro recheado com vísceras do próprio carneiro (baita oportunidade) a ideia parece meio desagradável no começo, mas sabe que não é tão ruim? O meu eu comprei em uma feirinha no Prince Street Garden. É uma comida pesada e bem apimentado, bom no inverno.

Agora, caso você vá para Edimburgo mais interessado nos líquidos. Nada te impede de começar pelo The Scotch Whisky Experience. Os tours variam de £15 à £36. Lá você aprende um pouco sobre a ciência por trás do Whisky, aprende alguns costumes e curiosidades e no final você tem a degustação onde é apresentado whisky de várias regiões diferentes da Escócia.

 

Como Chegar

 

Edimburgo tem um aeroporto internacional próprio, é possível pegar voos com escala até lá. Caso você já esteja na Europa, há varias companhia operando lá, incluindo low cost como a Ryanair. Saindo de Londres, o voo sai do aeroporto de Stansted em Londres e demora em média uma hora e meia.

YOU MIGHT ALSO LIKE  Guia Perfeito de 5 Dias Em Londres

Há também a possibilidade de ir de trem. Todos os trem que partem de Londres em direção a Edimburgo saem da estação King’s Cross ou da estação Euston. São duas as companhias que fazem esse trajeto, a Virgin Trains East Coast (eu fiz o trajeto com essa companhia) e a Cross Country. O tempo médio da viagem é de 4 horas e 20 minutos.

Em Edimburgo todos os trens chegam à estação Waverley Station, que é a estação central da cidade. Alguns trens (os com destino há cidade de Aberdeen no norte da Escócia) parem também na Haymarket Station, mas é sempre bom garantir antes, na dúvida é melhor descer na Waverley Station mesmo, já que ela fica a só uns 15 minutos andando da Haymarket Station.

Caso você já more na Europa, você pode comprar os ingressos diretamente do site oficial dessas empresas, mas caso você não esteja morando na Europa e não tenho um cartão de credito europeu, só conseguira comprar a sua por sites terceirizados, no meu caso, comprei pelo Rail Europe o valor no ticket é um pouco mais alto que do site oficial, mas nada exorbitante.

A viagem de trem é um pouco cansativa mas vale a pena, durante uma parte do percurso, ente New Castle e Edimburgo você ainda tem uma visão do Mar do Norte.

Com os tickets comprados, você pode retira-los diretamente na estação, há algumas maquinas para isso, você vai inserir o serial que a empresa vai te enviar por email, e a maquina vai imprimir seus tickets.

Caso você tenha dificuldade, ou desconfiança com a tecnologia (como eu, e olha que eu nasci na década de 90), você pode pegar a fila onde compra tickets na estação, e pedir para a pessoa do caixa imprimir o seu, o ticket vai estar disponível para retirada 2 horas depois da compra. Eu retirei o meu na estação de St. Pancras (no fundo da estação tem um clichê) fica ao lado da estação King’s Cross.

Written By
More from Isadora

Travel For Lazybums: How to Choose Your Destination

I know that everybody loves the idea of travelling, not only me,...
Read More

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *