3 Dias em Roma para Principiantes

Ok, algumas pessoas vão discordar de mim dizendo que para realmente visitar Roma, você precisaria de 5 dias, mas sinceramente, eu visitei Roma em 3 dias e foi mais do que suficiente para mim. Consegui visitar todos os pontos turísticos, todos pontos de interesse neste período.

Não é novidade que Roma tem muita história escondida em todos os cantos da cidade. Mas para este tour de 3 dias em Roma vamos nos concentrar na área dentro da Muralha Aureliana, que é considerada a área central da cidade e onde a maioria dos pontos importantes são.

 

3 Dias em Roma para Principiantes

Pimeiro Dia

Bem, vamos começar o dia com uma das melhores visões que você pode ter em Roma. Para chegar ao Coliseu é fácil, você precisa chegar à estação de metrô que tem o mesmo nome, a propósito, dentro da estação, perto da entrada, há uma pequena loja que vende a melhor pizza que eu comi em Roma, sem brincadeira, saindo de lá, VOILA, você estará bem na frente deste ícone que provavelmente está na sua lista de desejos por tanto tempo!

O tamanho da estrutura é realmente impressionante, principalmente quando você pensa que ele foi construído há muitos séculos por pessoas que não tinham acesso à tecnologia que temos hoje. Para entrar você precisa comprar o ingresso, que custa 16 euros, e inclui o Fórum Romano e o Monte Palatino, que visitaremos em seguida.

Eu recomendo que você compre o ingresso online para economiza tempo, se você não, você vai ter que pegar uma fila só para comprar o ingresso, e depois outra fila pra entrar no Coliseu, isso tudo leva mais de uma hora se você não comprar seu ingresso com antecedência.

Você também pode contratar um guia para visitar o Coliseu, o Monte Palatino e o Fórum Romano. Nesse caso, você também pode pular a fila.

O Fórum Romano é na verdade uma praça retangular cercada por ruínas de importantes edifícios do governo. Este costumava ser o centro da vida romana diária, é aqui que o mercado costumava ficar. Além disso, essa é a área onde discursos públicos, julgamentos criminais e combates de gladiadores costumavam acontecer.

Ao lado do Fórum Romano está localizado o Monte Palatino, uma das sete colinas de Roma, e considerada uma das partes mais antigas da cidade. Este é o lugar onde a cidade de Roma nasceu e acredita-se que o Monte Palatino foi o local da caverna Lupercal, onde Rômulo e Remo foram encontrados pela loba. Muitas figuras importantes da história Romana tiveram suas casas aqui, e suas ruínas ainda podem ser visitadas.

Deixando as áreas de ruínas e seguindo a Via de Fiori, você chegara à Piazza Venezia, que recebeu o nome por causa do Palazzo Venezia, localizado na esquina da praça, hoje em dia o prédio abriga o Museu Nacional.

Mas a cereja do bolo nesta praça é o Altare della Patria, também conhecido como Monumento Nacional a Victor Emmanuel II. Concluído em 1925, este é, na minha opinião, um dos mais belos monumentos de Roma, o tamanho do monumento é realmente impressionante assim como as suas estátuas.

Segundo Dia – Vaticano

Pegue a linha vermelha do metrô e desça em Lepanto, você vai estar pertinho do Castelo de Santo Ângelo, a melhor vista que você terá dele é da Ponte Sant’Angelo, bem na frente do castelo. Pra visitar dentro, é necessário comprar o ingresso, sinceramente, eu não acho que vale a pena, como não há quase nada dentro, os quartos estão vazios, e não há muito para ver.

Seguindo a Via della Conciliazione, você se encontrará bem no coração do Vaticano, na Piazza San Pietro, em frente à icônica Basílica de São Pedro, cercada por belas colunas. Dependendo da hora que você chegar, você vai notar uma linha enorme, é por isso que eu sugiro que você chegue cedo.

Para visitar a Basílica você não precisa comprar nenhum ingresso, é completamente grátis, mas você precisa pegar essa fila para entrar. Claro, você pode comprar o bilhete da pular a fila, se você não quiser perder nenhum minuto.

Dentro, você encontrará obras surpreendentes, o destaque é definitivamente a bela Pieta de Michelangelo, e o impressionante altar. Não se esqueça de olhar para cima, vale a pena apreciar as pinturas no teto!

Se você deseja ter uma bela vista panorâmica de Roma, pode visitar a cúpula da Basílica, para isso você precisa comprar um bilhete e subir as escadas (você também pode escolher o elevador, mas ele só vai até a metade do caminho, então em alguns ponto você precisará subir escadas, ainda).

Para comprar o bilhete, você precisa passar pela verificação de segurança e seguir direto para a bilheteria.

Deixando a praça de São Pedro, pegue a rua à sua esquerda e siga para o museu do Vaticano. É um museu enorme e requer tempo para ser visitado completamente, mas aqui, vamos seguir direto para a Capela Sistina. É um longo caminho, esteja preparado para andar muito!

ok eu sei que a qualidade é ridiculamente ruim aqui, mas isso foi o melhor que eu pude fazer antes que alguém gritasse comigo!

 

Para encontrar a Capela Sistina, basta seguir as placas nas paredes, embora não tenha muito tempo para apreciar cada item do museu, aproveite para admirar algumas das peças que mais chamam a atenção. A Capela Sistina está localizada na última sala do museu. Dentro da sala, você não tem permissão para conversar ou tirar fotos.

Sinceramente, eu não estava esperando que a capela fosse tão grande e alta, nas fotos, da internet parece muito menor! O trabalho dentro da capela é de tirar o fôlego, não há espaço sem pintura, há muitos detalhes, cores, personagens diferentes.

YOU MIGHT ALSO LIKE  Bate-Volta de Roma: Como Ir Para Pompeii A Partir de Roma

Bem no meio da sala, no teto, você encontrará a famosa obra A Criação de Adão! Outro destaque na pintura da parede do Altar, O Juizo Final. Toda a capela foi pintada por Michelangelo e, na parede do altar, é possível ver um personagem que supostamente representa o próprio artista, derretendo.

Para sair do museu, você terá que fazer todo o caminho de volta para a entrada.

Terceiro Dia

Saindo da estação de metrô Flaminio, e seguindo reto, você encontrará a entrada da Piazza del Popolo. O destaque desta praça são as igrejas gêmeas, uma do lado da outra, a Santa Maria di Montesanto (à esquerda) e a Santa Maria dei Miracoli (à direita).

No meio da praça está localizado o obelisco egípcio de Ramsés II trazido de Heliópolis.

De volta à estação de metrô, siga para a estação de Spagna, você estará a uma curta distância do que é, na minha opinião, a praça mais bonita de Roma, a Piazza di Spagna, famosa por suas escadas floridas. Este é o lugar perfeito para aproveitar o almoço com uma bela vista.

Vamos seguir para outro monumento icônico em Roma, a Fontana di Trevi. Para fazer isso, pegue a Via del Corso até a Via delle Muratte, a partir daqui, você só precisa andar direto até chegar à fonte. Roma tem muitas fontes espalhadas pela cidade, mas realmente, nenhuma se compara a essa, o tamanho do monumento é fora de série, e os detalhes nas estátuas te dá a impressão de que elas vão se mexer a qualquer momento.

Agora que você está aqui, por que não aproveitar um Gelato neste meio tempo?

De volta à Via del Corso, vamos ao último ponto. Pegue a Via del Caravitta direto para um dos mais famosos e um dos edifícios mais antigos de Roma, o Panteão. Foi construído primeiramente por Marcus Agrippa entre 21 e 25 aC para ser um templo para os deuses romanos. No entanto, acredita-se que o edifício que temos hoje seja o terceiro Panteão, construído entre 118 e 125 dC.

Mais tarde foi transformado em uma igreja cristã, as estátuas pagãs foram substituídas por estátuas cristãs, o interior foi redecorado, mas, de modo geral, o Panteão permanece como era originalmente.

Muitas figuras importantes da Igreja e da Itália foram enterradas aqui, incluindo Vittorio Emanuele II.

Se depois de todo esse passeio você ainda encontrar a energia para caminhar um pouco mais, sugiro que você faça uma janta na Piazza Navona, uma das principais praças de Roma.

 

Written By
More from Isadora

Como Ir do Aeroporto Fiumicino ao Centro de Roma

A maioria das capitais na Europa tem acesso fácil a partir das...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *